Entrevista com Kenneth Corrêa, Presidente da ABRADi Regional MS.

24 de julho de 2020

O entrevistado desta semana é o Kenneth Corrêa, presidente da ABRADi Regional MS!

Confira a entrevista.

Como presidente Regional, quais são os atuais projetos de intensificação da necessidade das empresas atuarem no ambiente digital? Especialmente nesse momento de pandemia.

Com a Pandemia, tivemos o cancelamento de dois projetos da ABRADi Regional MS que aconteceriam presencialmente: um treinamento com Erickson Monteiro do Plugcitários, e uma parceria com universidades privadas para capacitação de talentos do Digital. Neste cenário, o grupo de WhatsApp se tornou o epicentro das atividades dos associados, e os eventos da Nacional também estão contando com massiva participação. Agora em julho acontecerá o primeiro webinar local, focado nos agentes digitais de MS.

 

Durante esse período, como a ABRADi tem auxiliado os agentes digitais na conexão com o mercado?

O principal tem sido a troca de boas práticas entre agentes do Brasil inteiro nos grupos de WhatsApp e E-mail, e também com as lives acontecendo todas as semanas. Neste momento de pandemia boas ideias e trocas de experiência permitem que agências de todo o país cresçam como um grande organismo, sem ficar restrito à visão isolada de cada agente ou agência.

Estou participando da organização um novo comitê de trabalho na ABRADi Nacional para apoiar e aproximar as empresas associadas interessadas em conhecer mais sobre processos de fusões e aquisições. Temos muitos casos de compras, vendas e fusões entre associados na ABRADi nos últimos anos. Pretendemos promover e incentivar cada vez mais esta prática como uma alternativa para o crescimento sustentado, sustentável, com baixo custo e que traga ganho de escala e maior rentabilidade para todos.

 

No seu ponto de vista, qual a importância do ambiente digital na região em que atua?

A Pandemia veio para acelerar (mais ainda) o processo de adoção de tecnologia por parte das empresas, e, com as políticas de isolamento social, mais importante ainda como a única alternativa de atendimento (redes sociais, delivery, integrações de whatsapp, presença no Google etc…) para quem teve de ficar com as portas fechadas.

 

Como você acredita que a ABRADi pode melhorar a conexão entre agentes digitais de todo o Brasil?

Continuando a integrar cada vez mais os agentes digitais de todo o país, expandindo o atual ambiente de troca de experiências, e trazendo o que há de mais novo em conteúdo do universo digital. Além disso, apoiando na organização do setor, e também participando das discussões e influenciando nos rumos das políticas públicas que impactem ou sejam impactadas pelo digital, como a LGPD.

 

 

Sobre a ABRADi

A ABRADi é uma entidade de classe, sem fins lucrativos, que defende os interesses das empresas desenvolvedoras de serviços digitais no Brasil. A entidade está presente nos estados do DF, GO, MS, PB, PR, RJ, RN, RS, SC, SP e na Região Norte. Atualmente, possui cerca de 600 empresas associadas.

A ABRADi é um ambiente democrático e inclusivo para todas as empresas que tenham as soluções digitais como foco prioritário de atuação. Adotamos como proposta principal, a mobilização das agências digitais em torno de propostas de consolidação do setor e no auxílio às empresas associadas na gestão de seus negócios.Estimulamos todos os associados a colaborar ativamente na discussão de normas e processos de excelência e a dialogar francamente com o mercado e os outros setores da sociedade.

Acreditamos que bem geridas, essas empresas tornam-se construtoras de uma sociedade mais transparente e livre, que utiliza a Internet para se informar, estudar, fazer negócios e exercer seus direitos de cidadania.