Faturamento das agências digitais supera a marca de R$ 2 bilhões em 2012

Por Administrador, 28 de novembro de 2012

4ª edição Censo das Agências Digitais, realizado pela ABRADi, apontou um crescimento 50% em relação ao ano passado

A ABRADi, Associação Brasileira das Agências Digitais, divulga os resultados consolidados da quarta edição do Censo das Agências Digitais Brasileiras. A pesquisa tem como principal objetivo apresentar um panorama atualizado da comunicação digital do país.

Nessa edição, o estudo contou com a participação de 740 agências de todo o país, incluindo empresas não filiadas à ABRADi. “A cada ano, estamos contando com um número maior de participantes, principalmente de estados do Centro-Oeste e Nordeste do país”, afirma Jonatas Abbott, presidente da ABRADi. “Porém, a nossa intenção para a quinta edição é chegar a 1.000 respondentes para que a amostra fique cada vez mais representativa”, explica.

Entre os principais dados apontados pela ABRADi, destacam-se o crescimento 10% no número de agências digitais. Em 2011 eram 2.787 e nesse ano, 3.094.

E o valor do faturamento das agências que ultrapassou a marca de R$ 2 bilhões. Segundo a pesquisa, as 3.094 agências faturaram R$ 2,2 bilhões (sem considerar os investimentos em mídia), ou seja, 50% a mais do que em 2011. “Essa edição espelha o crescimento do mercado, bem como da própria ABRADi, uma vez que, através de nossas regionais, pudemos apurar com mais exatidão os dados de regiões como centro-oeste e nordeste, mostrando a força da mídia digital nos estados que as compõem”.

Outro dado destacado pelo 4º Censo das Agências Digitais, diz respeito aos serviços mais executados. De acordo com o censo, a criação de websites continua sendo a principal atividade das empresas, seguido pelo crescimento significativo dos projetos focados em redes sociais e campanhas publicitárias. Contudo, de 2010 para 2011, a criação de websites perdeu alguns pontos percentuais, enquanto os projetos para redes sociais cresceram em importância.

De acordo com Abbott, “o Censo 2012 surpreendeu de novo. Apontou um crescimento extraordinário de 50% no faturamento atingindo R$ 2,2 bilhões, número que ilustra a exuberância da demanda do setor digital no Brasil e no mundo. Esses dados refletem a abrangência da entidade, através de suas regionais como também a abertura que demos para empresas que não necessariamente são agências, mas, agentes digitais como empresas focadas em Social Media, SEO, entre outros, participem da associação”, ressalta.

O PDF do relatório completo está em Indicadores de Mercado.