Assessoria de Imprensa impulsiona estratégias de marketing de conteúdo

Por Millena Giacomini, 8 de outubro de 2019

*Por Gil Stefani

Quando uma agência monta uma estratégia de Marketing de Conteúdo, vale a pena recomendar ao cliente que invista em um trabalho de assessoria de imprensa. As duas disciplinas têm algo muito forte em comum: estão preocupadas em entregar conteúdo de qualidade e relevante sobre uma marca/empresa ou produto/serviço.

A diferença é que, para os jornalistas, o conteúdo precisa trazer uma novidade, uma notícia, é necessário ter um diferencial, ser um serviço ao leitor ou ser um case de sucesso inspirador. O objetivo do trabalho de uma assessoria de imprensa é gerar credibilidade, reputação e visibilidade para a marca/empresa. Para isso, os assessores trabalham o relacionamento dos executivos com os jornalistas.

A questão é: Quando faz sentido acionar a assessoria de imprensa? 

1)  Para uma nova marca

Quando o cliente é uma nova startup, que está lançando um serviço inovador e diferenciado, que vai impactar no mercado, trata-se de uma novidade e tem potencial de se tornar notícia na imprensa. Neste caso, vale a pena associar à estratégia de marketing de conteúdo uma estratégia de assessoria de imprensa. Com as notícias na imprensa sobre a empresa, é possível chamar a atenção para os novos produtos/serviços que foram lançados no mercado.

2)  Para gerar credibilidade

Se o objetivo é gerar credibilidade, eu diria que em 99,9% dos casos é necessário envolver uma assessoria de imprensa. A produção de conteúdo e artigos publicados por veículos relevantes, por exemplo, pode alavancar a credibilidade de um especialista. Se o executivo fala sobre marketing digital, por exemplo, pode escrever sobre o tema em um veículo como o jornal Meio & Mensagem. A produção de press releases (texto direcionado ao jornalista) sobre cases de sucesso pode gerar referenciamento para a marca. Assim, uma fornecedora de soluções tecnológicas, por exemplo, pode ter clientes contando o benefício da solução para os negócios.

3)  Em reposicionamentos de marca

Se a empresa por algum motivo estiver com uma má reputação, neste caso, sua estratégia de conteúdo precisa sim conter uma estratégia de assessoria de imprensa. As assessorias são excelentes para conter crises e reposicionar marcas. Obviamente é necessário que a mudança seja verdadeira. Neste caso, será a imprensa dizendo que determinada marca mudou e os jornalistas, em geral, têm do ponto de vista do público, uma isenção.

4)  Em casos de empresas com impacto social

Se o cliente está, por exemplo, fazendo algo que vai ajudar o meio ambiente, que vai mudar o mundo, que vai melhorar a vida de alguém, esses assuntos são de interesse da imprensa. Por isso, uma assessoria de imprensa pode alavancar os resultados projetados por uma estratégia de marketing de conteúdo.

5)  Para ampliar a distribuição do conteúdo

Algumas estratégias de marketing de conteúdo oferecem informações didáticas e de interesse público, tais como cursos ou eventos gratuitos, cartilhas educativas, esclarecendo leis/conceitos, etc. Esses assuntos são de interesse público e potencialmente noticiáveis. Assim, se a empresa ofertar um guia, um webinar ou um podcast sobre algum assunto, temos potencialmente a capacidade de divulgar um pouco mais em massa utilizando a imprensa.

6)  Para auxiliar as estratégias de busca orgânica

Um dos pontos mais importantes para as buscas orgânicas (SEO) é ter conteúdo relevante e outras pessoas falando de sua marca, de maneira engajada. A divulgação de conteúdo produzido para a imprensa é extremamente efetiva para este propósito se a agência e assessoria trabalharem em conjunto com as palavras-chaves relevantes. A assessoria pode inserir em seu texto tais palavras-chaves para que elas indexem com o cliente e para gerar tráfego para o website do cliente por meio do trabalho de link building.

A assessoria de imprensa no caso de uma estratégia de marketing de conteúdo pode sim ser uma grande aliada. Basta ter clareza sobre o objetivo do projeto. Contar sobre os diferenciais e novidades de uma empresa/marca, produtos/serviços, e clientes que são referência para o mercado é parte das missões de uma assessoria de imprensa, assim como é de uma estratégia de marketing de conteúdo. O trabalho fica especialmente interessante para reposicionamento de marcas, lançamentos de empresas com impacto social, anúncio de fusões e aquisições, eventos e lançamentos de grande impacto.

 

* Gil Stefani é diretora da Hub Content, da Prioriza Comunicação e parceira de PR da Pólvora Comunicação. É membro do comitê de marketing de conteúdo e assessora de imprensa da ABRADi desde 2012. Gil participou da criação do Guia de Marketing de Conteúdo, além de ter editado o Guia de E-Commerce e o Guia de SEO da ABRADi.