“Estratégia Brasileira para a Transformação Digital” do Governo Federal

Por Administrador, 14 de junho de 2018

A Estratégia Digital estabelece um conjunto de 100 ações para impulsionar a digitalização de processos produtivos e da sociedade brasileira num horizonte de quatro anos.

 

O objetivo é criar um ambiente para impactos transformadores em agricultura, comércio, educação, finanças, indústria e serviços. Para isso, foram definidos 9 eixos, sendo 5 eixos habilitadores e 4 eixos temáticos de transformação digital:

 

  1. “Infraestrutura de redes e acesso à Internet”, que tem o objetivo de levar redes de transporte de dados de alta capacidade a todos os municípios brasileiros; expandir as redes de acesso em banda larga móvel e fixa, em áreas urbanas e rurais; e disseminar as iniciativas de inclusão digital.

 

  1. “Pesquisa, desenvolvimento e inovação”, que tem o objetivo de integrar os instrumentos viabilizadores de promoção da pesquisa, desenvolvimento e inovação – PD&I, bem como as infraestruturas de pesquisa destinadas ao desenvolvimento das tecnologias digitais; aprimorar os marcos legais de ciência, tecnologia e informação – CT&I; e utilizar o poder de compra público para estimular o desenvolvimento de soluções inovadoras baseadas em tecnologias digitais.

 

  1. “Confiança no ambiente digital” é o eixo que tem o objetivo de fortalecer a segurança cibernética no País, com estabelecimento de mecanismos de cooperação entre entes governamentais, federados e setor privado, com vistas à adoção de melhores práticas, coordenação de resposta a incidentes e proteção da infraestrutura crítica; e reforçar os instrumentos de cooperação internacional entre autoridades e empresas de diferentes países, de maneira a garantir a aplicação da lei no ambiente digital.

 

  1. “Educação e capacitação profissional” tem o objetivo de conectar escolas públicas, urbanas e rurais, com acessos de banda larga, e disponibilizar equipamentos para acesso a tecnologias digitais; incorporar as tecnologias digitais nas práticas escolares, com desenvolvimento do pensamento computacional entre as competências dos estudantes; reforçar as disciplinas matemática, ciências, tecnologias e engenharias e as trilhas de formação técnica para atuação em setores da economia digital, com foco no empreendedorismo; e promover o aprimoramento das formações inicial e continuada dos professores, no que se refere ao uso da tecnologia em sala de aula.

 

  1. “Dimensão internacional” tem o objetivo de promover a ativa participação do País nas iniciativas de coordenação e de integração regional em economia digital, assim como nas instâncias internacionais que tratam o tema com prioridade; estimular a competitividade e a presença no exterior das empresas brasileiras com atuação nos segmentos digitais; e promover a expansão de exportações por meio do comércio eletrônico e apoiar a inserção de pequenas e médias empresas brasileiras neste segmento.

 

Foram incluídos 4 eixos temáticos de “transformação digital”“Economia baseada em dados”“IoT – mundo de dispositivos conectados”“Novos modelos de negócios” e “Transformação digital da cidadania e do governo”

 

E também foi criado o SinDigital, Sistema Nacional para Transformação Digital, um grupo multisetorial, coordenado pela Casa Civil da Presidência da República e composto pelo Comitê Interministerial para a Transformação Digital – CITDigital, formado por Casa Civil da Presidência da República; Ministérios da Fazenda; Educação; da Indústria, Comércio Exterior e Serviços; do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão; e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. O SinDigital também contará coma participação de especialistas e pessoas de notório saber representantes da comunidade científica, da sociedade civil e do setor produtivo; e órgãos, entidades e instâncias vinculados às políticas de transformação digital.

Documento Disponível para Download em: E-Books